Cinco oficiais militares são suspensos após tiroteio acidental na França

Paris, 4 jul (EFE).- O Ministério da Defesa francês anunciou hoje a suspensão de cinco oficiais e a dissolução de dois grupos de comandos de um regimento de pára-quedistas de Infantaria da Marinha, cuja base em Carcasona, no sul, foi palco de um tiroteio acidental que feriu 17 pessoas em uma demonstração militar.

EFE |

O drama do domingo passado, no qual um sargento disparou munição real em lugar de balas de festim contra o público que assistia à exibição, já levou o chefe de Estado-Maior do Exército a renunciar no início de semana.

O sargento que disparou foi suspenso, é acusado por ferimentos involuntários e se encontra em liberdade sob controle judicial.

Ao anunciar a suspensão de cinco oficiais e a dissolução de dois grupos de elite do regimento, o ministro da Defesa, Hervé Morin, disse que os primeiros elementos da investigação revelam "graves disfunções no respeito aos regulamentos relativos ao controle das munições". EFE ao/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG