Cinco militares espanhóis são isolados no Afeganistão com sintomas da gripe

Madri, 11 jul (EFE).- Cinco militares espanhóis foram isolados na base de Herat, no Afeganistão, como medida preventiva, ao apresentar sintomas de gripe, informaram à Agência Efe fontes do Estado-Maior da Defesa da Espanha.

EFE |

Além desses cinco militares, outros 12 foram também isolados, já que, embora não apresentem nenhum sintoma, tiveram contato direto com os primeiros.

Um avião levará amanhã de Herat a Madri amostras dos militares que apresentam sintomas, que serão analisadas na capital espanhola, seguindo os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a gripe suína.

Os médicos que os atendem suspeitam que seja gripe comum, mas será preciso esperar para se descartar o vírus A (H1N1) com a análise das amostras.

Os militares viajaram ao Afeganistão em 7 de julho e fazem parte do "batalhão eleitoral", que tem como objetivo contribuir para a segurança das eleições neste país em 20 de agosto.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE abs/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG