Bruxelas, 30 dez (EFE).- Os líderes políticos dos cinco partidos que formam o Governo - os democratas cristãos CD&V e Cdh, os liberais Open VLD e MR, e os socialistas francófonos (PS) - chegaram hoje a um acordo de Governo.

O novo primeiro-ministro, o democrata-cristão flamengo Herman Van Rompuy, comparecerá ao Palácio de Laeken para jurar seu cargo ante o rei às 14h (horário de Brasília), informa hoje a imprensa belga.

Também foi confirmada a hipótese que apontava o deputado Guido De Padt (Open VLD) como novo ministro do Interior no lugar de Patrick Dewael (Open VLD), que passará a ser o novo presidente da Câmara dos Deputados (cargo que abandona Van Rompuy).

Falta ainda saber a quem o CD&V escolherá para substituir o ministro da Justiça que está saindo, Jo Vandeurzen, embora o nome que mais chama a atenção para este posto seja o do senador Tony Van Parys, que já ocupou o cargo entre 1995 e 1999.

O porta-voz de Van Rompuy confirmou esta manhã que o mais provável é que o Parlamento dê seu voto de confiança na sexta-feira, com o que encerrará de forma definitiva a crise. EFE mrn/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.