Cinco jovens mexicanos, quatro estudantes e um músico, com idades entre 18 e 22 anos, foram assassinados na segunda-feira à noite, quando circulavam em uma caminhonete pelo estado de Durango (norte), disse nesta terça uma fonte da Procuradoria estadual.

"Eles iam em uma caminhonete e, aparantemente, mataram os jovens de outro veículo. Quatro morreram na hora e outro, no hospital", acrescentou a mesma fonte, que pediu para não ser identificada.

As vítimas são três mulheres, duas de 19 e uma de 18, e dois homens, de 22 e 21.

Quatro eram estudantes do último ano da faculdade e um era integrante de um grupo de música local (do norte).

O ataque aconteceu na noite de ontem, no município de El Oro (Durango), de 5.000 habitantes e fronteiriço com o estado de Chihuahua, o mais violento do México.

A polícia investiga o local do crime, onde foram encontradas quase 50 cápsulas, e já organizou uma operação de busca nos arredores. Ninguém foi preso ainda.

Pelo menos 5.300 pessoas foram assassinadas no ano passado, e mais de 1.100 desde o início do ano, no México, especialmente em sua fronteira norte, nas mãos do crime organizado, segundo números oficiais.

gbv/tt/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.