Cinco insurgentes e três militares morrem em ataque rebelde no Sri Lanka

Colombo, 11 jun (EFE).- Pelo menos cinco insurgentes e três militares cingaleses morreram esta madrugada em um ataque rebelde contra uma base naval da região noroeste de Mannar, informou o Ministério de Defesa cingalês.

EFE |

No combate, perdeu a vida um dirigente da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), Sirimaran.

Três membros da Marinha cingalesa morreram durante o combate, que foi realizado por uma unidade especial da guerrilha, que tomou o controle do posto em apenas dez minutos e o destruiu antes de ir embora, duas horas depois.

"Os rebeldes usaram metralhadoras, morteiros, lança-projéteis, um radar e material militar do posto", disse uma fonte rebelde, que reconheceu a perda de quatro homens na operação.

O LTTE luta há mais de duas décadas para conseguir um Estado independente nas regiões do leste e do norte do país, onde a etnia tâmil é majoritária, frente à cingalesa que domina o resto da ilha.

Em 16 de janeiro, o Governo rompeu unilateralmente os acordos de cessar-fogo assinados em 2002, e jogou o país de volta em um estado de guerra civil, embora na realidade os combates entre o Exército e a guerrilha já fossem constantes. EFE ss/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG