Cinco das seis pessoas acusadas de integrar uma célula terrorista que planejou atentados contra a Sears Tower de Chicago e prédios do FBI foram declaradas culpadas nesta terça-feira por um tribunal de Miami, informaram fontes judiciais.

O júri emitiu seu veredicto após seis dias de deliberações, ao término de um julgamento que foi suspenso duas vezes, em 2007 e em 2008, devido à ausência de um acordo sobre a penas.

Narseal Batiste, considerado o líder do grupo, é acusado de ter preparado um atentado contra a Sears Tower de Chicago (Illinois, norte dos EUA), um dos prédios mais altos do mundo, junto com um suposto membro da Al-Qaeda, que era na verdade um agente infiltrado da Polícia Federal americana (FBI).

Os cinco réus podem ser condenados a até 70 anos de prisão por terrorismo.

jco/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.