Cinco homens armados morrem em ataque contra posto de controle no Iraque

Bagdá, 12 jun (EFE).- Pelo menos cinco homens armados morreram hoje em um ataque fracassado contra um posto de controle de estrada colocado por milicianos sunitas leais ao Governo, na província de Salah ad-Din, no norte do Iraque, segundo fontes policiais.

EFE |

As fontes disseram que o ataque aconteceu na região de Ishaki, 100 quilômetros ao norte de Bagdá.

Segundo os agentes, os atacantes, dois deles com cintos de explosivos, eram ligados ao grupo terrorista Al Qaeda.

O ataque foi rejeitado pelos milicianos sunitas do Conselho de Salvação, e vários policiais que também estavam no controle de estrada.

Os Conselhos de Salvação foram criados em outubro de 2006 pelas tribos sunitas, como parte de uma estratégia incentivada pelos EUA com o objetivo de enfraquecer a presença da Al Qaeda no Iraque.

Além disso, as fontes informaram que cinco artefatos explodiram hoje na sede do grupo sunita Partido Islâmico, na localidade de Faluja, 50 quilômetros ao oeste de Bagdá, sem informações sobre vítimas.

As fontes disseram que o atentado causou graves imperfeições no edifício, situado no bairro de Jumhuriyya.

O Partido Islâmico é o maior partido político sunita do Iraque e faz parte da Frente do Consenso Iraquiano, uma plataforma formada por outros dois grupos sunitas que constitui a terceira força parlamentar do país. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG