Cinco dos sete italianos reféns no hotel Oberoi foram libertados

Roma, 28 nov (EFE).- Cinco dos sete italianos reféns de terroristas no hotel Oberoi de Mumbai foram libertados, incluindo um bebê de seis meses e sua mãe, informaram hoje fontes do Ministério de Assuntos Exteriores da Itália.

EFE |

Restam, portanto, dois italianos dentro do hotel, acrescentaram as autoridades, que nesta quinta-feira confirmaram a morte de um italiano, Antonio di Lorenzo, nos atentados terroristas da quarta-feira passada.

Os cinco italianos foram libertados na operação policial que possibilitou o resgate de pelo menos 30 pessoas, muitas delas estrangeiros, que permaneciam no hotel Oberoi.

Pelo menos 125 pessoas morreram e outras 327 ficaram feridas nos ataques em Mumbai, segundo a agência de notícias local "Ians". EFE mcs/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG