Cinco companhias aéreas internacionais suspendem vôos à Tailândia

Bangcoc, 26 nov (EFE).- Cinco companhias aéreas internacionais, incluindo a Singapore Airlines e a Cathay Pacific, suspenderam hoje seus vôos à Tailândia após o fechamento temporário do aeroporto internacional de Bangcoc pelos protestos antigovernamentais.

EFE |

A direção do aeroporto de Suvarnabhumi anunciou a suspensão de todos os vôos depois de milhares de ativistas bloquearem durante a madrugada os acessos ao terminal.

As outras companhias aéreas que cancelaram suas rotas a Bangcoc são as japonesas Japan Airlines e All Nippon Airways e a taiuanesa China Airlines.

Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas nas últimas horas em diferentes atos de violência relacionados com os protestos.

A opositora Aliança do Povo para a Democracia, organizadora dos protestos, insiste em que continuará com o protesto até conseguir a renúncia do primeiro-ministro, Somchai Wongsawat, que deve retornar esta tarde (local) à Tailândia procedente de Lima, onde assistiu ao Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).

Ele é acusado de corrupção e de ser um títere do ex-chefe do Executivo Thaksin Shinawatra, deposto por um golpe de Estado em 2006. EFE grc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG