Cinco bombas explodem na Espanha após alerta do ETA

MADRI - Quatro bombas explodiram neste domingo em cidades turísticas do litoral de Cantabria, no norte da Espanha, depois de o grupo separatista basco ETA ter divulgado alertas sobre atentados. As explosões aconteceram logo depois de outra, menor, do lado de fora de um banco Barclays, perto de Bilbao.

Reuters |

Uma mulher foi ferida por uma pedra que voou de uma das explosões e outra foi levada ao hospital em estado de choque.

As explosões marcaram o início da tradicional temporada de ataques de verão do ETA, na qual o grupo tem como alvo balneários turísticos espanhóis como parte de sua campanha de quatro décadas pelo estabelecimento de um Estado basco independente no norte da Espanha e no sul da França.

O governo espanhol diz que o ETA está enfraquecido após a prisão de vários de seus membros, mas os ataques deste domingo provam que o grupo não tem planos de abandonar a luta armada.

'A melhor maneira de obter uma sentença de prisão bem longa na Espanha é se juntar ao ETA', disse o ministro do Interior, Alfredo Perez Rubalcaba, à rádio nacional no domingo, logo após os ataques.

'Nós recebemos uma ligação por volta de 10h30 de alguém que disse representar o ETA e nos falou que o ETA havia plantado quatro bombas em praias em Laredo e Noja e no campo de golfe de Noja', disse uma autoridade dos serviços de emergência.

O ETA costuma avisar quando vai atacar lugares por onde circulam civis. Quando o alvo são políticos, policiais ou autoridades, o grupo não dá nenhum aviso.

A primeira bomba explodiu por volta de 7h15 (no horário de Brasília) em um calçadão à beira mar em Laredo, um dos destinos turísticos mais populares do norte da Espanha. A explosão danificou a calçada, quebrou vidros e fez surgir uma nuvem de fumaça de 25 metros, disse um funcionário.

Os turistas foram retirados da praia 45 minutos antes e se abrigaram em cafés e bares que abaixaram as portas para proteger-se da explosão, disseram testemunhas à rádio local.

Muitas escolas européias já estão em períodos de férias de verão ou prestes a iniciá-lo.

A segunda bomba explodiu em dunas de Noja, a cerca de 30 quilômetros de Laredo, provocando uma forte explosão, mas nenhum dano, segundo a imprensa espanhola.

Por causa do mau tempo havia poucas pessoas na praia de Noja, mas o chamado da polícia para esvaziar a área fez com que os turistas saíssem correndo, bloqueando a estrada de saída para a cidade de Bilbao, de acordo com a imprensa.

A terceira explosão foi em Laredo, próxima a um posto da Cruz Vermelha, e também não causou vítimas, disseram autoridades.

A quarta bomba foi detonada em uma escola de golfe em Noja.

Leia mais sobre: bombas

    Leia tudo sobre: bomba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG