Londres, 5 ago (EFE).- Uma equipe de cientistas americanos conseguiu sequenciar pela primeira vez a estrutura completa do genoma do HIV-1, variante mais comum e agressiva do vírus da aids, segundo publicou a revista britânica Nature.

De acordo com os especialistas, a decodificação desse genoma vai contribuir para esclarecer a relação entre a estrutura e o funcionamento do ácido ribonucleico (RNA).

Os cientistas das universidades da Carolina do Norte e Michigan utilizaram uma tecnologia de alta precisão.

Como esperado, comprovaram que a composição dos nucleótidos influi na produção de proteínas, mas também descobriram que eles têm efeitos que até então não eram conhecidos. EFE jm/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.