Cientistas rejeitam benefícios de grande consumo de água para saúde

Washington, 3 abr (EFE) - Os supostos benefícios para a saúde do alto consumo de água são um mito, afirmam cientistas americanos em um estudo divulgado hoje pela publicação Journal of the American Society of Nephrology.

EFE |

Segundo os pesquisadores da Universidade da Pensilvânia, "não existem evidências definitivas dos benefícios de beber grandes quantidades de água".

Os cientistas, especialistas em transtornos renais, analisaram estudos sobre a afirmação corrente de que oito copos de água ao dia ajudam a eliminar as toxinas, previnem o aumento de peso e melhoram a pele.

"Não se sabe de onde surgiu esta recomendação", indicaram os nefrólogos Dan Negoianu e Stanley Goldfarb no relatório sobre seu estudo.

Os cientistas também afirmaram que não existem provas conclusivas de que algumas dores de cabeça sejam causadas pelo pouco consumo de água.

No entanto, os pesquisadores admitiram que existem evidências de que as pessoas em climas quentes e áridos, assim como os atletas, precisam aumentar a quantidade de água que bebem para compensar o líquido perdido pelo suor. EFE ojl/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG