Cientistas japoneses caminham para transformar sonhos em imagens de TV

Transformar nossos sonhos em imagens de televisão é o objetivo de um grupo de pesquisadores japoneses que criou uma nova técnica de análise cerebral, revelaram cientistas nesta quinta-feira.

AFP |

Uma equipe do laboratório japonês de neurologia ATR, dirigido por Yukiyasu Kamitani, afirma ter conseguido, "pela primeira vez no mundo, recriar em imagens o conteúdo de percepções cerebrais complexas".

O trabalho consiste em fazer a pessoa observar uma forma (letra do alfabeto) e reconstituí-la em uma tela por análise da atividade cerebral do indivíduo.

Os pesquisadores interceptaram sinais elétricos procedentes do olho e verificaram a relação entre a forma observada e a reproduzida.

Para chegar a este dispositivo de conversão de sinais cerebrais em imagens de TV, a equipe de Kamitani desenvolveu uma espécie de decodificador de variações cerebrais, associando tipos de sinais a formas básicas conhecidas. Em seguida, combinaram vários pares de sinal-forma para recriar imagens complexas.

No momento, o sistema é limitado e não permite reproduzir todas as percepções, exigindo a criação de um quadro de correspondência entre formas e sinais para cada indivíduo.

"Se um dia conseguirmos reproduzir em imagens os sinais que atravessam nossos neurônios, poderemos, talvez, ver nossos sonhos e pensamentos em uma TV, como se fossem filmes ou programas de televisão".

Segundo os cientistas, este processo deverá permitir o desenvolvimento de novas formas de interação entre o homem e as máquinas, estabelecendo um conjunto de relações entre uma combinação de movimentos e um padrão de sinais cerebrais.

A técnica empregada também poderá permitir a arquitetos e outros criadores mostrar projetos que passam por suas mentes, quando não encontram palavras ou traços para reproduzi-las.

kap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG