Cientistas israelenses conseguiram reconstituir, mediante enxertos, corações enfermos de ratos, dando novas esperanças ao tratamento de humanos vítimas de cardiopatias, informou nesta quarta-feira o jornal Haaretz.

Os pesquisadores implantaram células-tronco de ratos recém-nascidos nas cobaias enfermas, transplantando com sucesso esses tecidos reconstituídos nas partes avariadas do coração.

Segundo o jornal, é a primeira vez que um teste desse tipo tem sucesso com animais de laboratório.

O estudo foi realizado pelo dr. Tal Dvir da Universidade de Beer Sheva e do americano MIT (Instituto Tecnológico de Massachussets), em cooperação com dois hospitais israelenses, tendo sido publicada na revista médica americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNADS).

ms/mf/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.