Cientistas identificam tipo de célula-tronco ligado a câncer de próstata

Londres, 9 set (EFE).- Uma equipe de cientistas descobriu que a presença de um determinado tipo de célula-tronco epitelial na próstata poderia estar por trás da formação e expansão deste tipo de câncer, o segundo mais comum em homens.

EFE |

O estudo, publicado hoje pela revista "Nature", poderia ter importantes consequências no desenvolvimento de novos tratamentos para combater a doença, já que aponta diretamente para as células encarregadas de originar e propagar o tumor.

Os pesquisadores, da Universidade de Columbia, em Nova York, estudaram a progressão deste tipo de tumor em ratos e asseguram que há um tipo de célula epitelial, situadas na glândula prostática, que favorecem a aparição do câncer, por não contar com o gene supressor NKX3-1.

Até agora, diversos estudos vincularam determinados tipos de células-tronco com a formação de outras formas de câncer, como a leucemia, mas sua influência no desenvolvimento do câncer de próstata nunca tinha sido abordada.

Este tipo de câncer surge quando células da próstata sofrem mutações e começam a multiplicar-se de maneira descontrolada, com o risco acrescentado de que se propaguem para outras partes do corpo, especialmente para os ossos e os gânglios linfáticos, originando metástases.

O câncer de próstata se desenvolve com maior frequência a partir dos 50 anos de idade e apresenta como sintomas principais dor, dificuldade para urinar e disfunção erétil. EFE avh/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG