mais antigo de escrita hebraica - Mundo - iG" /

Cientistas encontram registro mais antigo de escrita hebraica

Cinco linhas escritas em um caco de vaso de cerâmica podem ser o exemplo mais antigo da escrita hebraica já descoberto, segundo arqueólogos israelenses. O caco de cerâmica foi encontrado por um adolescente que participa como voluntário das escavações em um sítio arqueológico vinte quilômetros ao sudoeste de Jerusalém.

BBC Brasil |

Especialistas da Universidade Hebraica afirmam que testes de carbono feitos em caroços de azeitona encontrados na mesma camada indicam que ele data de cerca de 3 mil anos atrás - mil anos a mais do que as Escrituras do Mar Morto.

Outros cientistas, no entanto, afirmam que são necessários mais estudos para provar se a escrita é realmente hebraica.

As primeiras investigações sobre a escrita do caco encontrado em julho passado decifraram algumas palavras, entre elas "juiz", "escravo" e "rei".

As letras parecem ter sido escritas em caracteres precursores do alfabeto hebraico.

Rei Davi
O arqueólogo Yosef Garfinkel, que está liderando a pesquisa, identificou o alfabeto com base em um verbo de três letras que significa "fazer" e que seria usado apenas em hebraico.

O fragmento de cerâmica e outros artefatos foram encontrados no sítio de Khirbet Qeiyafa, sobre o Vale de Elah, onde a Bíblia afirma que o israelense Davi lutou contra o gigante filisteu Golias.

Segundo o arqueólogo, as descobertas podem trazer alguma luz sobre o período do reinado do Rei Davi.

Mas outros arqueólogos afirmam que outros povos usavam os mesmos caracteres, e as palavras podem ter sido inscritas por filisteus ou até outro grupo já esquecido.

Ainda assim, este é o exemplo mais antigo de escrita neste alfabeto em particular.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG