Berlim, 4 abr (EFE).- Cientistas alemães do Centro de Pesquisas Helmholtz de Munique descobriram seis novos genes causadores da diabetes do tipo II, informou hoje um porta-voz do instituto.

Com a descoberta já são dezesseis os genes relacionados a essa doença, segundo o centro de pesquisa, que destacou o trabalho de aproximadamente noventa especialistas de quarenta institutos de pesquisa de todo o mundo na descoberta.

A diabetes do tipo II, comum em adultos, afeta, na Alemanha, cerca de oito milhões de pessoas e se caracteriza por um elevado nível de açúcar no sangue que acaba danificando vasos sanguíneos, rins e outros órgãos internos.

Com a descoberta de um maior número de genes causadores da doença será possibilitada uma melhor visão dos mecanismos responsáveis pelo controle do nível de açúcar no sangue.

A "meta-análise" utilizada para descobrir os novos genes se baseia no estudo de dados médicos de 70 mil pessoas de vários países. EFE jcb/bf/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.