Cientistas descobrem nova bactéria na boca humana

Cientistas britânicos descobriram uma nova espécie de bactéria na boca humana, o que poderia ajudar a entender melhor cáries e gengivites, levando ao desenvolvimento de novos tratamentos, segundo uma revista de microbiologia.

AFP |

Os pesquisadores, cujos trabalhos foram publicados na edição de agosto do International Journal of Systematic and Evolutionary Microbiology (IJSEM), encontraram três cepas ainda não identificadas de um tipo de bactéria chamada Prevotella, tanto em tecidos saudáveis quanto em tumores.

As bactérias Prevotella fazem parte da flora microbiana normal humana, mas são associadas a diversas doenças orais e a infecções de outras partes do corpo.

Os cientistas batizaram a nova espécie de Prevotella histicola, por viverem nos tecidos, explicaram.

"Esta espécie foi isolada nos tecidos da boca, tanto no interior de tecidos sãos como de cânceres bucais", indicou o professor William Wade, do King's College London Dental Institute.

"Isso confirma outros trabalhos que mostram que as bactérias orais podem invadir tecidos e células", concluiu.

Cáries e gengivites são as doenças infecciosas mais comuns nos humanos e são causadas por modificações da flora presente normalmente na boca.

Entender melhor a composição dos microorganismos da boca deve ajudar os pesquisadores a desenvolver novas medidas de prevenção e tratamentos melhores, segundo Wade.

"Uma boca humana saudável abriga uma variedade enorme de micróbios, incluindo vírus, fungos, protozoários, bactérias", lembra o especialista.

"As bactérias são as mais abundantes: cada mililitro de saliva contém 100 milhões de bactérias. São mais de 600 espécies diferentes na boca", explicou Wade.

BC/ap/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG