Cientistas descobrem gene que reduz perdas na colheita de trigo

Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu um gene que torna o trigo resistente a todas as variedades mais comuns de fungos responsáveis pela putrefação, que destróem milhões de hectares do cereal todos os anos, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira.

AFP |

"Esta descoberta é a primeira etapa para obter uma resistência mais duradoura do trigo contra este mal devastador", afirmou Cristobal Uauy, do Centro de Pesquisas John Innes, em Norwich, Grã-Bretanha, co-autor do estudo, publicado na revista Science de 19 de fevereiro.

A resistência do trigo a uma forma de putrefação já foi alcançada, através da utilização de genes específicos de uma variedade de fungos que causam o problema.

Mas a duração do efeito destes genes é limitada nos campos de cultivo, porque o patógeno sofre mutações para evitar sua ação, explicaram os pesquisadores americanos e israelenses.

O novo gene, descoberto no trigo selvagem, não existe nas variedades modernas cultivadas.

"Este gene torna o trigo mais resistente a todas as cepas conhecidas de fungos responsáveis pelo apodrecimento do cereal", indicou Cristobal Uauy, acrescentando que o gene confere resistência a temperaturas relativamente elevadas.

O trigo frnece cerca de 20% das calorias consumidas pela humanidade.

js/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG