Cientistas descobrem como bacilo da tuberculose se esconde em organismos

Barcelona, 25 nov (EFE).- Um grupo de especialistas espanhóis que estudava como o bacilo da tuberculose pode permanecer latente e se reativar após alguns anos descobriu os mecanismos que permitem que a bactéria que dá origem a esta doença se esconda dentro do organismo humano.

EFE |

O estudo, realizado em um hospital da província de Barcelona por pesquisadores espanhóis e franceses, aparece na última edição da revista "Plos Pathogens".

Os pesquisadores descobriram que o bacilo da Mycobacterium tuberculosis se esconde dentro do organismo ao usar como reservatório algumas células imunitárias chamadas macrófagos espumosos, cheias de nutrientes.

Os resultados da pesquisa podem oferecer "um modelo para desenvolver novos" tratamentos contra a infecção tuberculosa latente.

A bactéria da tuberculose convive com a humanidade há um grande tempo e atualmente infecta um terço da população mundial - cerca de dois bilhões de pessoas -, o que a transforma no agente infeccioso mais espalhado pelo mundo.

Um de cada dez infectados acaba desenvolvendo a doença durante sua vida e a cada ano três milhões de pessoas morrem de tuberculose.

EFE saf/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG