Cientistas britânicos estão desenvolvendo uma solução bucal que seria capaz de ativar a formação de um novo esmalte dentário e, assim, reduzir a necessidade do uso de brocas e de obturações em tratamentos odontológicos. Segundo os pesquisadores da Universidade de Leeds, a solução, aplicada diretamente nos dentes, contém com uma proteína que se juntaria ao cálcio natural para reconstituir o esmalte.

Jennifer Kirkham, que lidera a equipe, explica que os dentes se degeneram pela ação de ácidos produzidos por bactérias presentes na boca, que provocam o surgimento de cáries.

Quando as cáries são grandes, os dentistas geralmente as cobrem retirando a área danificada e colocando em seu lugar uma obturação.

A nova solução bucal poderia ser usada em casos iniciais, quando os buracos ainda são microscópicos, e não eliminaria a necessidade do uso da broca e de obturações em casos de cáries mais graves.

Dentes sensíveis
A solução seria aplicada diretamente no dente, cobrindo os buracos. Uma vez dentro das cavidades nos dentes, o fluido se transformaria em um gel que se juntaria ao cálcio natural do dente, reconstituindo o esmalte.

Essa seria uma saída para as pessoas que sentem dor nos dentes ao tomar bebidas ou comer alimentos frios ou quentes demais - o que pode ser um sinal da presença dessas cavidades microscópicas - e evitaria o avanço das cáries para formas mais graves.

"(O processo) provoca um reparo natural nos dentes, sem a dor ou o desconforto geralmente associado à perfuração da broca", afirmou Kirkham.

A equipe acredita que a solução poderá entrar em fase de testes no próximo ano e que a licença para o uso deve sair em cinco anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.