O gigantesco acelerador de partículas batizado de Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês), criado para simular um Big Bang, bateu um novo recorde nesta terça-feira ao colidir feixes gerando uma energia sem precedentes. http://www.bbc.co.uk/worldservice/emp/pop.shtml?l=pt&t=video&r=1&p=/portuguese/meta/dps/2010/03/emp/100330_videocernebc.emp.xml target=_blankAssista ao vídeo

A complexa máquina operada por cientistas do Centro Europeu de Investigação Nuclear (Cern, na sigla em inglês) conseguiram gerar uma energia de 7 TeV (trilhões de eletronvolts), um nível 3,5 vezes maior do que o alcançado até hoje com um acelerador de partículas.

A façanha, realizada em um laboratório subterrâneo na fronteira entre a Suíça e a França, marca o início de um período de 18 a 24 meses de investigação que pode levar à descoberta de novas leis fundamentais da física.

Cientistas do Cern comemoraram com muitos aplausos na sala de controle assim que as primeiras colisões foram confirmadas.

Leia mais sobre: Colisor de hádrons

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.