Cientistas alemães implantam coração artificial de 92 gramas

Berlim, 17 ago (EFE).- Uma equipe de cirurgiões da clínica universitária de Heidelberg, oeste da Alemanha, implantou o primeiro minicoração artificial da história, que pesa apenas 92 gramas, informou hoje o próprio centro médico.

EFE |

A operação aconteceu no final de julho e a paciente, uma mulher de 50 anos que sofria de insuficiência cardíaca, já se recuperou.

"Ela superou com sucesso a operação, de três horas e meia, e agora queremos esperar para ver como seu corpo reage", afirmou o médico e chefe do departamento, Arjang Ruhparwar.

O aparelho, de dimensões mínimas, foi implantado no pericárdio.

Os corações artificiais anteriores pesavam mais de um quilo, explicou Ruhparwar.

O especialista afirmou que a inovação consiste em "seguir a mesma tendência dos telefones celulares, quanto menor e rápido for, melhor".

Este é o menor coração artificial do mundo e é capaz de executar todas as funções do ventrículo esquerdo e de operar de forma simples e eficaz.

Ruhparwar disse que funciona ao mesmo tempo que segue o ritmo sanguíneo de forma exata, algo que os antigos aparelhos não podiam fazer totalmente.

Os funcionários do hospital explicaram que o minicoração permite aos pacientes levar uma vida quase normal.

A única coisa que os pesquisadores não conseguiram resolver é que a fonte de alimentação usada pelo aparelho ainda fica fora do corpo.

EFE pb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG