Sete pessoas morreram no domingo na capital mexicana provavelmente em consequência da gripe suína, que já provocou mais de 100 mortes no México, anunciou o secretário de Saúde da Cidade do México, Armando Ahued.

"No dia de ontem (domingo) tivemos sete mortes nos hospitais da cidade. O acumulado chega a 22 óbitos na Cidade do México", declarou Ahued.

Até o momento, as mortes confirmadas por autoridades federais em todo o país pela gripe suína continuam sendo 20 e as prováveis 103, com 400 pessoas hospitalizadas por este mal, segundo a Secretaria de Saúde Federal.

Ahued explicou que outras oito pessoas que tinham o vírus foram tratadas no domingo e receberam alta, após o tratamento adequado.

gbv/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.