Cidade chinesa ordena tiros contra agressores de estudantes

Polícia está autorizada a atirar em qualquer pessoa que tente atacar estudantes, depois de uma série de atentados no país

AFP |

O governo Chongqing, cidade do sudoreste da China, ordenou à polícia que abra fogo para matar contra qualquer pessoa que tente atacar estudantes, depois de uma série de atentados contra escolas primárias e creches que comoveram o país.

O município de Chongqing divulgou a ordem depois que o ministério da Segurança Pública pediu reforços às medidas de segurança ao redor dos centros de ensino.

"A polícia tem regras claras para estes casos odiosos de ataques diretos nas escolas ou perto das escolas que feriram estudantes e crianças", afirma o jornal Chongqing Evening News.

"Se não conseguiram controlar os atos de violência, os policiais podem atirar para matar, de acordo com a lei", completa a publicação.

Na semana passada, três homens atacaram crianças, com facas ou martelo, dentro de escolas e deixaram vários feridos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG