Autoridades americanas ordenaram a paralisação dos trabalhos de construção de uma tenda para o líder líbio Muamar Khadafi perto de Nova York, segundo um procurador local. De acordo com Joel Sachs, procurador do município de Bedford, a montagem da tenda viola vários códigos e leis da cidade.

A tenda, montada no estilo dos beduínos, está em uma propriedade alugada pertencente ao milionário americano Donald Trump.

Em um comunicado, Trump afirmou que parte da propriedade "foi alugada por curto prazo para parceiros do Oriente Médio, que podem ou não ter um relacionamento com o senhor Khadafi". "Estamos analisando a questão", acrescentou o milionário.

Khadafi, que chegou a Nova York na terça-feira para participar da Assembleia Geral da ONU, planejava usar a tenda para seu divertimento durante a reunião. Geralmente, o líder líbio não usa residências oficiais em suas viagens a outros países.

Bedford fica a 48 quilômetros ao norte de Nova York.

O procurador do município informou que as autoridades deram uma ordem para que a montagem da tenda fosse paralisada, mas, de acordo com Sachs, os funcionários responsáveis pela montagem não falavam inglês. A ordem foi então dada para o responsável pela propriedade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.