Cidade americana compra clube de striptease

LAVONIA, Georgia - Uma pequena cidade do nordeste do Estado da Georgia comprou uma casa de strip-tease, mas não planeja entrar para o ramo do entretenimento erótico.

AP |

A cidade de Lavonia poderia ter usado os US$1 milhão para pagar por melhorias necessárias no sistema de tratamento de água local. Ao invés disso, as autoridades compraram o Cafe Risque, que há muito tentavam fechar.

O prefeito de Lavonia foi ovacionado quando anunciou a compra numa reunião municipal no começo da semana.

Depois que a cidade comprou a propriedade, cartazes e placas que anunciavam os serviços da casa foram removidos e queimados numa enorme fogueira diante do local.

O negociante Jerry Sullivan abriu o Cafe Risque em 2001. A cidade foi à corte inúmeras vezes para solicitar o fechamento da casa, mas os advogados de Sullivan argumentavam com sucesso que a dança sem roupas é uma forma de expressão protegida constitucionalmente.

Desde então, Lavonia aprovou uma lei que proíbe o entretenimento erótico na cidade.

Sullivan morreu em 2006, mas a casa continuou a funcionar. A cidade finalmente conseguiu comprar o negócio após muita negociação.

Leia mais sobre striptease

    Leia tudo sobre: apstrip teasestrip-tease

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG