Ciclone tropical causa estragos na capital de Tonga

Sydney (Austrália), 16 fev (EFE).- O ciclone tropical René causou estragos hoje na capital de Tonga, Nukualofa, com a destruição de telhados, queda de árvores e o corte total do fornecimento de energia elétrica, sem causar vítimas.

EFE |

Os danos materiais ainda não foram somados, mas a Comissão Nacional de Gestão de Desastres do país, que fica em um arquipélago no Pacífico Sul, acredita que será a maior catástrofe em 50 anos, informaram fontes oficiais.

No meio da amanhã, a tempestade já se afastava de Nuku'Alofa, rebaixada à categoria 3 - em uma escala de 1 a 5 - com ventos de até 210 km/h.

O "René" chegou à capital de Tonga procedente do grupo de ilhas de Ha'apai, onde os vendavais superaram os 225 km/h e originaram ondas gigantes, chuvas torrenciais e inundações que obrigaram dezenas de pessoas a abandonarem suas casas e se refugiarem em escolas e edifícios públicos.

Pior ainda é a situação na região de Vava'u, cujas áreas litorâneas foram severamente afetadas pelo ciclone, que destruiu numerosas colheitas.

Os residentes não devem voltar a ter eletricidade durante cerca de uma semana. Não houve grandes danos em lugares habitualmente frequentados por turistas.

Durante o fim de semana, o "René" passou por Samoa e Samoa Americana, onde 300 moradores foram desalojados e um empregado municipal morreu ao cair do o telhado de um edifício na capital, Pago Pago. EFE mg/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG