Ciclone "Phet" deixa 8 mortos na passagem por Omã

Ao menos quatro pessoas seguem desaparecidas, segundo preisdente da Defesa Civil

EFE |

A tempestade tropical criada pelo ciclone "Phet" deixou oito mortos e quatro desaparecidos na passagem por Omã, país situado na extremidade oriental da Península Arábica, indicou neste sábado a comissão nacional de Defesa Civil.

Segundo o presidente da comissão, Malik Bin Suleiman, entre os oito mortos está um membro da Defesa Civil que perdeu a vida quando participava das operações de resgate. A polícia, acrescentou, revisa com a ajuda de aviões as áreas inundadas e o leito dos rios em busca dos quatro desaparecidos.

Reuters
Ao menos oito pessoas morreram e quatro seguem desaparecidas após tempestade tropical em Omã

Suleiman indicou que o estado de "alerta laranja" (há um superior, o vermelho, e outro inferior, o amarelo) continuará até que a situação volte à normalidade, que as estradas sejam reabertas e o abastecimento de energia e de água seja restabelecido, interrompido devido à tempestade em várias regiões do país, especialmente no leste.

As autoridades de Omã declararam feriado neste sábado para manter a população em casa, enquanto os efeitos da tempestade tropical continuam no país. Agora, "Phet" avança na direção norte-nordeste rumo ao Paquistão e à Índia.

A tempestade, que reduziu sua força do grau 4 para 2 quando chegou a Omã afetou principalmente o centro e o leste do país. Em 2007, o ciclone Gonu matou 49 mortos e deixou 30 pessoas desaparecidos.

    Leia tudo sobre: Omãtempestade tropicalenchentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG