Sydney (Austrália), 11 mar (EFE).- Um navio mercante derramou hoje combustível e contêineres com 650 toneladas de nitrato de amônio nas águas da baía de Moreton, no nordeste da Austrália, devido ao temporal gerado pela presença de um ciclone.

Fontes de segurança marítima do estado de Queensland disseram que as fortes ondas tornam impossível, por enquanto, conter o derramamento.

"Há combustível no mar que pode afetar as praias e a fauna, portanto temos que nos centrar nisso", explicou Michael Short, da Agência de Proteção do Meio Ambiente local, à rádio "ABC".

Segundo Short, "felizmente, o local onde caíram os contêineres é de águas profundas".

O navio Pacific Adventurer transportava 60 contêineres com nitrato de amônio, e 31 deles, que continham no total 620 toneladas do produto químico, caíram na água devido ao temporal.

Os contêineres abriram um buraco no casco e cerca de 30 toneladas de combustível foram espalhadas pelo mar.

As autoridades marítimas preveem que o navio, que zarpou da ilha de Stradbroke em direção a Newcastle, atraque amanhã em Brisbane, capital de Queensland, onde serviços de emergência, bombeiros e ambulâncias estarão a sua espera.

O ciclone "Hamish" ameaça a costa de Queensland há uma semana, mas perdeu força à medida que se aproximava da costa e os meteorologistas esperam que se afaste ainda hoje da Austrália. EFE mg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.