Ciclone deixa pelo menos três mortos em Fiji

Sydney - Pelo menos três pessoas morreram e muitas desapareceram em Fiji depois que o ciclone tropical Mick passou ontem pelo arquipélago, que fica no Pacífico Sul, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Os mortos são um jovem de 19 anos que foi arrastado pelo vento quando cruzava um rio ao norte de Viti-Levu, a ilha principal, outro jovem de 23 anos afogado no sudeste desta ilha e uma criança esmagada por uma árvore derrubada pelo vendaval.

A Polícia indicou que o ciclone, o primeiro do recém iniciado verão austral, provocou muitas inundações e um rastro de destruição que deixaram milhares de pessoas sem abrigo e provocaram muitos cortes de energia elétrica.

Aproximadamente 700 pessoas tiveram que passar a noite em centros de evacuação devido às inundações enquanto várias estradas permanecem fechadas, assinalaram as autoridades policiais.

Segundo o Serviço Meteorológico da ilha, o ciclone "Mick", que ontem causava ventos entre 90 e 110 km/h com rajadas de até 150 km/h, perdeu força e as rajadas de vento não vão passar dos 100 km/h hoje.

O temporal deixou a ilha principal de Fiji e afeta agora, de maneira mais leve, as ilhas Lau, a leste do arquipélago.

Leia mais sobre: ciclone

    Leia tudo sobre: ciclonefuracãotufão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG