Ciclista Lance Armstrong oferece US$ 250 mil a vítimas no Haiti

Redação Central, 14 jan (EFE).- O ciclista americano Lance Armstrong, heptacampeão do Tour de France, anunciou a doação de US$ 250 mil para ajudar as vítimas do terremoto que assolou o Haiti.

EFE |

Armstrong, que está na Austrália para participar de uma competição, disse que está "profundamente triste" pela catástrofe haitiana.

"No nome da Livestrong (fundação do ciclista de luta contra o câncer), vamos destinar US$ 250 mil a diferentes organizações presentes no Haiti, entre as quais está a Fundação Clinton", disse Armstrong.

Criada pelo ex-presidente americano Bill Clinton, esta fundação apoia campanhas de luta contra a doença, a pobreza e a mudança climática.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 de Brasília da terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe, a capital do Haiti. O primeiro-ministro do país, Jean Max Bellerive, cifrou o número de mortos em "centenas de milhares".

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 14 militares do país que participam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A brasileira Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, ligada à Igreja Católica, também morreu no tremor. EFE soc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG