Argel, 14 out (EFE).- As chuvas torrenciais que continuam caindo em diferentes regiões da Argélia desde o dia 28 de setembro provocaram a morte de 66 pessoas, diz um balanço oficial divulgado hoje.

As mortes produzidas pelas inundações foram registradas nas províncias de Ain Defla, Tebessa, Djelfa, Batna, Ouargla, Tiaret, Naama, Adrar e Medéia.

O resultado mais grave foi o da província de Ghardaia (sul do país), onde 43 pessoas morreram e outras 86 ficaram feridas.

Além disso, mais de 1.400 casas tiveram prejuízo total declarado com um prejuízo que alcança 25 bilhões de dinares, cerca de 250 milhões de euros.

A última vítima foi registrada na noite de segunda para terça, quando um idoso foi arrastado pela força das águas na cidade de Lotanda, província de Batna, para o leste da Argélia. EFE sk/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.