Chuvas na Guatemala deixam 37 mortos e 23 desaparecidos

Dezenas de pessoas foram soterradas no sábado por um deslizamento de terra em uma estrada; 40 mil estão desabrigados

AFP |

As chuvas torrenciais que assolam a Guatemala deixaram neste final de semana um registro de pelo menos 37 mortos, 23 desaparecidos e milhares de desabrigados, segundo dados divulgados neste domingo pela Coordenadoria Nacional para a Redução de Desastres (Conared).

O porta-voz da Conared, David de León, informou também que foram suspensos os trabalhos de resgate de dezenas de pessoas que foram soterradas no sábado por um deslizamento de terra na estrada Interamericana, na altura de Solola, cerca de 170 km a oeste da Cidade da Guatemala.

De León afirmou que até as 21h GMT (18h de Brasília) deste domingo, o registro oficial de vítimas em consequência das chuvas em todo o país chega a 37 mortos, 23 desaparecidos e mais de 40.000 pessoas desabrigadas.

AP
Deslizamento de terra em estrada que deixou pelo menos 40 pessoas soterradas na Guatemala
Ele acrescentou que "os trabalhos de resgate foram cancelados até que haja condições ideais" de segurança para que as equipes possam atuar no local, depois que intensas chuvas voltaram a cair na área de buscas.

De León indicou que os trabalhos de remoção de terra em Solola poderão ser retomados nesta segunda-feira, se as condições do tempo permitirem.

    Leia tudo sobre: Guatemalachuvasmortes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG