Lima, 27 mar (EFE).- As fortes chuvas que caem sobre a região peruana de Puno, no sudeste do país, provocaram hoje a morte de sete pessoas sendo que cinco pessoas morreram devido a um desmoronamento e as outras duas faleceram por causa de um rio que transbordou.

Segundo a agência estatal Andina, os cinco primeiros mortos foram atingidos por um desmoronamento na noite da sexta-feira para sábado na província de Carabaya, que abriga diversos assentamentos de mineiros informais.

O lugar do acidente está a 20 horas da capital da província, sendo 17 delas a pé, o que dificulta os trabalhos de resgate e a comunicação com o local.

Por outro lado, outras duas pessoas morreram em consequência da cheia do rio Balcón de Oro, também em Carabaya.

As autoridades policiais de Puno coordenam o translado dos mortos e possíveis feridos com um helicóptero. Dois fiscais, um juiz de paz, um contingente de policiais e outros funcionários foram deslocados para o local com o objetivo de cuidar do caso. EFE fcg/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.