Chuvas já deixam 38 mortos no norte e no nordeste

Rio de Janeiro, 8 mai (EFE).- As fortes chuvas que afetam estados do norte e do nordeste desde abril já deixaram 38 mortos, causaram cerca de R$ 1 bilhão em perdas e mantêm 207 cidades em situação de emergência, disse hoje o Ministério da Integração Nacional.

EFE |

Os dados foram apresentados pelo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, que destacou que o balanço preliminar será apresentado em breve ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele ressaltou que o Governo proporá uma nova medida para destinar mais recursos aos municípios afetados, mas não especificou números.

"É necessário esperar que baixem as águas para que se possa fazer o diagnóstico dos custos", explicou.

As últimas informações da Secretaria Nacional de Defesa Civil indicam que 38 pessoas já morreram e quase 800 mil foram afetadas pelas fortes chuvas que atingem a região norte e nordeste do país.

O Ceará, com 12 mortos, foi o estado mais afetado até o momento, seguido de Maranhão (9), Bahia (7), Amazonas (5) e Alagoas (4).

O ministro também respondeu às críticas sobre a demora para liberar os recursos de emergência aos locais afetados.

Vieira Lima assegurou que o envio "será mais rápido desta vez" e explicou que o Governo reduziu a exigência de documentos para que se tenha acesso aos recursos, e está articulando medidas para acelerar a liberação de dinheiro nestes casos. EFE edv/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG