Chuvas intensas e inundações deixam cerca de 50 mil desabrigados no Nepal

Katmandu, 20 ago (EFE).- As intensas chuvas e inundações que causaram o transbordamento de um rio no sudeste do Nepal obrigaram cerca de 50 mil pessoas a abandonarem suas casas, informou hoje uma fonte oficial.

EFE |

As forças de segurança seguiram para o distrito de Sunsari, cerca de 400 quilômetros a sudeste de Katmandu, onde resgataram aldeões que estavam em telhados e em copas de árvores.

"O Governo está oferecendo ajuda para 25 mil pessoas que se refugiaram em escolas e em edifícios do Governo situados nas regiões secas, enquanto o resto seguiu para casas de familiares que moram em outras regiões", explicou um funcionário do Ministério do Interior, Somam Ghimire.

O Exército e a Polícia usaram helicópteros, embarcações e inclusive elefantes para resgatarem os desabrigados pelas inundações.

Até o momento o Governo não confirmou a morte de nenhuma pessoa.

Ghimire afirmou que as inundações são grandes, já que em alguns casos chegaram a submergir totalmente as casas.

Os diques do rio Saptakoshi, que passa pela região, se romperam por causa da falta de manutenção e da sua antiguidade, informam fontes oficiais.

Durante estes meses acontece no Nepal a estação de chuvas.

Apesar de o Governo assegurar que as inundações estão diminuindo, não se sabe quando os aldeões poderão voltar para suas casas.

O novo primeiro-ministro do país, o maoísta Pushpa Kamal Dahal, visitou a região junto com outros líderes políticos para comprovar a situação no terreno. EFE ms/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG