Chuvas deixam pelo menos 32 mortos no México

México, 7 fev (EFE).- As intensas chuvas que castigaram o México na quinta-feira e sexta-feira passadas deixaram pelo menos 32 mortos em todo o país, principalmente nos estados de Michoacán (sul), e nos estados centrais do México e Guanajuato, confirmaram hoje fontes oficiais.

EFE |

As autoridades atendem as áreas inundadas que deixaram milhares de desabrigados principalmente no Estado do México e em diversas áreas do Distrito Federal. No entanto, as condições meteorológicas melhoraram desde ontem no centro do país, com céu aberto e sem probabilidades de chuva.

O maior número de mortos foi registrado no estado de Michoacán com 18 pessoas. Além dessas, 11 morreram no Estado do México e três no estado de Guanajuato, informaram autoridades de cada um desses estados.

A Secretaria de Governo decretou estado de emergência em vários municípios de Michoacán, do Estado do México e em quatro áreas da capital mexicana.

O estado de emergência permite às autoridades utilizar recursos federais para atender as necessidades alimentícias, de abrigo e saúde da população afetada.

As autoridades também trabalham para evitar focos de infecção que gerem epidemias por causa da água contaminada. EFE jrm/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG