Chuvas deixam pelo menos 19 mortos na Argélia

Argel, 14 set (EFE).- As fortes chuvas que castigam grande parte do sul da Argélia há cerca de uma semana já deixou 19 mortos e grandes danos materiais, informou hoje o serviço de Defesa Civil.

EFE |

A maioria das vítimas - entre elas pelo menos oito crianças e três mulheres - foi arrastada pelas águas, devido à cheia dos rios.

As mortes ocorreram, principalmente, nas províncias de Biskra, Naama, El Bayadh e M'sila, todas elas situadas perto do deserto, no centro-sul do país.

As intensas chuvas provocaram a cheia de vários rios cujas águas arrastaram vários veículos com os ocupantes a bordo.

Os agentes da Defesa Civil conseguiram resgatar com vida outras 18 pessoas que corriam o risco de morrer afogadas.

As fortes chuvas causaram muitos danos na agricultura, na infraestrutura viária e em dezenas de casas.

Todos os anos, no final do verão (hemisfério norte), violentas tempestades acompanhadas de fortes chuvas costumam atingir regiões desérticas do sul argelino, causando mortes e consideráveis danos materiais.

O serviço de meteorologia anunciou para esta tarde tempestades e fortes chuvas em quase todas as províncias litorâneas do norte do país. EFE sk-jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG