Chuvas deixam ao menos 8,4 mil pessoas sem lar no sul do país

Rio de Janeiro, 24 abr (EFE).- Um forte temporal castigou o sul do país entre a tarde desta sexta-feira e hoje obrigando ao menos 8,4 mil pessoas a abandonarem seus lares e provocando inúmeros danos materiais.

EFE |

No Paraná, o estado mais afetado pelas chuvas, cerca de seis mil moradores tiveram que sair de suas casas e estão hospedadas em refúgios públicos ou nas casas de parentes, segundo dados da Defesa Civil regional.

Segundo o último balanço a zona mais castigada, que inclui 24 municípios, 3.136 casas foram destruídas total ou parcialmente por inundações, deslizamentos de terra e os ventos.

Por enquanto, as autoridades não registraram mortos, embora várias pessoas tenham sido atendidas com ferimentos de diversas gravidades.

Em Pato Branco (PR), próximo à fronteira com a Argentina, foram registrados 205 milímetros de chuva por metro quadrado nas últimas 24 horas, um volume que quase duplica a média de precipitações esperada para todo o mês.

Em Santa Catarina 2.406 pessoas se viram obrigadas a abandonar suas casas, enquanto cinco municípios decretaram estado de emergência. EFE mp/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG