Chuvas causam cerca de 100 mortes em uma semana no Afeganistão

Cabul, 8 mai (EFE).- Cerca de 100 pessoas morreram esta semana em decorrência de chuvas no norte, centro e oeste do Afeganistão, afirmou à agência Efe o chefe do Departamento afegão de Gestão de Desastres, Abdul Matin Edrak.

EFE |

Cabul, 8 mai (EFE).- Cerca de 100 pessoas morreram esta semana em decorrência de chuvas no norte, centro e oeste do Afeganistão, afirmou à agência Efe o chefe do Departamento afegão de Gestão de Desastres, Abdul Matin Edrak. Além das mortes, as chuvas destruíram 2.500 casas e mataram centenas de cabeças de gado. A ajuda começou a chegar à maioria das províncias afetadas, com a exceção de Badghis, no noroeste, devido à escassez de equipamentos, à distância e à falta de uma estrada adequada para o transporte, segundo a fonte. Na província de Parwan, no oeste do país, aconteceu neste sábado uma pequena manifestação de desabrigados, que se queixaram perante as câmeras de televisão por não terem recebido ajuda. A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) emitiu na sexta-feira um comunicado informando que o Exército afegão tinha destinado tendas que poderiam abrigar 300 pessoas na localidade de Obeh. Segundo os dados da Isaf, correspondentes à sexta-feira, mais de 60 afegãos morreram nas inundações durante a semana, devido a chuvas intensas. EFE nh-daa/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG