Sydney (Austrália), 12 fev (EFE).- Uma chuva suave que caiu durante a noite no leste do estado de Victoria, no sul da Austrália, reduziu a ameaça dos incêndios e levou calma aos habitantes pela primeira vez em seis dias, enquanto o número de mortos se mantém em 181.

As autoridades advertiram que ainda continuam 12 incêndios, mas que nenhum ameaça áreas povoadas.

As condições climáticas são mais frias e úmidas, e caiu uma leve chuva no nordeste. Os bombeiros conseguiram construir as linhas de contenção necessárias para evitar que se juntem os incêndios de Yarra e Maroondah, entre os quais a distância chegou a cair a 18 quilômetros.

Também foram controlados os incêndios abertos de Yea e Murrindindi, que ameaçavam as comunidades de Connellys Creek, Crystal Creek, Scrubby Creek e Native Dog Creek.

No sudeste do estado, a região de Churchill recebeu até 12 milímetros de chuva, pondo fim ao perigo.

Mais de quatro mil bombeiros, mil provenientes de outras partes do país e de outras nações, continuam trabalhando contra o fogo, usando 600 veículos e 28 helicópteros e pequenos aviões.

Embora os mortos nos incêndios não passem de 181 desde terça-feira, as autoridades acreditam que o número final superará 200, já que ainda há muitos desaparecidos. EFE mg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.