Chuva dá trégua e nordeste da Austrália começa recuperação

Sydney (Austrália), 10 fev (EFE).- As graves inundações que afetam há dez dias o nordeste da Austrália começaram hoje a diminuir, o que permitiu a reabertura de várias estradas.

EFE |

Uma das principais vias novamente transitáveis é a de Bruce, no estado de Queensland, que percorre 350 quilômetros entre as cidades de Townsville e Cairns e por onde já passam caminhões carregados de comida e remédios.

A retirada da água retida mostrará dará dimensão dos danos causados pela passagem de dois ciclones nos últimos 20 dias e das tempestades que os seguiram.

Segundo o último boletim meteorológico, as chuvas serão mais suaves nos próximos dois dias, mas as tempestades voltarão a partir de quinta-feira à bacia do rio Herbert, onde vários povoados estão praticamente isolados desde a semana passada.

A localidade mais afetada da região foi Ingham, onde quase todas as casas foram destruídas pelo aumento do nível do rio, que chegou a ficar acima dos 12 metros.

A situação é ainda pior no Golfo de Carpentária, no extremo noroeste de Queensland, uma área em que algumas comunidades estão há quase seis semanas sem comunicação.

De todo território do estado, 60% foram declarados zona catastrófica, as plantações de açúcar se perderam junto com outros cultivos e alguns camponeses abandonaram o gado por não poderem alimentá-lo.

Os danos foram avaliados em pelo menos 187 milhões de dólares australianos (US$ 125 milhões). EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG