Nova York, 16 jun (EFE) - A casa de leilões Christies venderá em 2 de julho uma seleção de modelos e acessórios vintage de alta costura de famosos estilistas, como o recentemente falecido Yves Saint Laurent e outros como Paco Rabanne, Christian Lacroix ou Thierry Mugler. É um tributo especial ao lendário criador francês Yves Saint Laurent, ao incluir roupa e jóias que abrangem toda a carreira de Saint Laurent, desde um vestido de coquetel que fez para Dior em 1958 a um jersey de cor bege de pele de raposa, de sua marca YSL Rive Gauche, indicou a firma em comunicado de imprensa. Esse último era um dos modelos preferidos de Jackie Kennedy Onassis. De Saint Laurent (1936-2008) foram vendidos também alguns acessórios desenhados por ele mesmo e que simbolizam seu estilo, entre eles uma gargantilha com flores de metal dourado e resina vermelha feita para a coleção de primavera-verão de 1990, com um valor estimado de entre US$ 1 mil e US$ 1.500.

O vestido de coquetel do estilista francês para a casa Dior, na qual trabalhou antes de apostar em sua própria marca e criar a YSL Rive Gauche, data de 1958 e é uma elegante roupa curta, com pedras e prateada, que foi avaliada em entre US$ 1 mil e US$ 1.500.

Além dessas peças de Saint Laurent, a casa de leilões venderá desenhos de modistas como Christian Lacroix, Thierry Mugler, Balenciaga, Mainbocher e Gianni Versace (1946-1997).

Desse último estilista italiano sairá a leilão uma de suas criações mais características, uma jaqueta preta com gola alta, com detalhes em dourado e bordados feita para a coleção primavera-verão de 1992, cujo valor inicial fica entre US$ 1.500 e US$ 2.500.

Outro destaque é uma jaqueta de Versace, ícone de seu estilo, feita em moiré rosa e com bordados de contas, também para a coleção desse ano, e que foi avaliada em entre US$ 3 mil e US$ 5 mil.

Também se venderá um conjunto verde lima de finais dos anos 1960 de Courrèges e brincos e colar de fins da década de 1970 desenhados por Paco Rabanne, assim como uma mini bolsa Kelly de Hermès, feita de pele de crocodilo. EFE emm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.