Choque entre trens mata 65 e fere 200 na Índia

Acidente aconteceu no distrito de West Midnapore, no estado de Bengala

EFE |

Nova Délhi - Pelo menos 65 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas esta madrugada na Índia depois que o trem em que viajavam descarrilou, devido a uma explosão, e colidiu com outro, como noticia o canal local "NDTV". A explosão, ocorrida à 1h30 de sexta-feira (17h de quinta em Brasília) no distrito de West Midnapore, no estado de Bengala, fez com que 13 vagões caíssem sobre outros trilhos, onde dois deles foram atingidos por um trem de carga que vinha no sentido contrário.

Segundo funcionários do setor ferroviário citados pelo canal "PTI", que responsabilizou guerrilheiros maoístas pela explosão, é possível que haja mais vítimas. Os feridos estão sendo levados ao hospital de Kharagpur, segundo as fontes, enquanto uma equipe de 12 médicos e 20 ajudantes se aproxima do local da explosão.

O trem que explodiu cobria a rota entre as cidades de Howrah e Mumbai (antiga Bombaim), e no momento da explosão circulava entre as estações de Sardiha e Khemasuli, a cerca de 130 quilômetros da cidade de Calcutá. A ministra das Ferrovias, Mamata Banerjee, já anunciou uma ajuda econômica de 500 mil rúpias (US$ 10.750) para as famílias de cada um dos mortos, e de 100 mil rúpias (US$ 2.150) para os feridos. Bengala é um dos estados indianos com maior presença da guerrilha maoísta, que luta para impor no país uma revolução marxista de cunho agrário e realiza com frequência atentados e sabotagens.

    Leia tudo sobre: iGacidenteíndiatrens

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG