Choque entre sicários e militares deixa 10 mortos no México

Chilpancingo (México), 7 dez (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram neste domingo em vários enfrentamentos consecutivos entre militares e supostos sicários do crime organizado no estado de Guerrero, no sul do México, informou a Secretaria de Segurança Pública local.

EFE |

Nos choques armados, nos quais também participaram policiais, morreram um soldado e nove integrantes do grupo armado que enfrentou as forças militares.

Os tiroteios aconteceram na comunidade de Palos Altos, município de Arcelia.

Segundo a Secretária de Segurança Pública, tudo começou com um tiroteio entre dois grupos rivais do crime organizado, o que forçou a intervenção do Exército e das Polícias Federal, Estatal e Municipal.

Ao chegar ao local, os uniformizados foram recebidos a tiros, o que gerou um tiroteio no qual morreram os nove sicários e o militar, e dois policiais ficaram feridos.

Após os tiroteios, as autoridades encontraram outro corpo em um veículo abandonado e confiscaram outros dez automóveis, 14 armas longas e cinco curtas, além de duas granadas de mão.

A área dos enfrentamentos foi isolada por cerca de 400 agentes no povoado de Palos Altos. EFE lo/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG