Bogotá, 20 abr (EFE).- A colisão entre dois helicópteros do Exército colombiano no departamento (estado) de Tolima, no sul do país, deixou hoje cinco militares mortos e seis feridos.

As duas aeronaves colidiram às 13h45 (15h45, Brasília) após a cerimônia de criação da Força-Tarefa do Sul de Tolima, ativada para investigar o paradeiro do máximo comandante das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Guillermo León Sáenz, conhecido como "Alfonso Cano".

Segundo um comunicado do Exército, cinco feridos foram levados ao Hospital de Neiva e o outro ao hospital do município de Chaparral, onde tem sua sede a nova unidade militar.

Entre os feridos está o general Fernando Joya Duarte, comandante da nova força-tarefa. EFE fer/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.