Choque de aviões mata comandante de patrulha aérea russa

Um piloto de elite morreu e outro ficou ferido neste domingo quando dois aviões militares do tipo Sukhoi Su-27 se chocaram em voo durante uma apresentação de acrobacia, perto de Moscou, para a inauguração do salão de aeronáutica Maks.

AFP |

Um dos três pilotos, Igor Kachenko, de 45 anos, morreu na tragédia.

Kachenko era o comandante do grupo de pilotos de elite conhecido como "Os russos corajosos".

Os pilotos treinavam para o salão aeronáutico Maks, que deve começar na terça-feira em Jukovski, a 50 km da capital.

as-neo/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG