Choque com a Polícia fere 10 índios em região peruana

Lima, 11 mai (EFE).- A ocupação de uma ponte e a posterior repressão policial na região peruana do Amazonas terminou com dez indígenas feridos, um deles baleado, segundo informou a Associação Interétnica de Desenvolvimento da Selva Peruana (Aidesep).

EFE |

O episódio foi registrado no domingo, quando um grupo de nativos awajun e wampis ocupou a ponte de Corral Quemado, principal via de acesso à selva norte do Peru, como parte dos protestos iniciados em 9 de abril e que levaram o Executivo a declarar estado de emergência na região no fim de semana.

Dos dez feridos, segundo a Aidesep, três se encontram em estado grave, dois deles por problemas respiratórios causados pelas bombas de gás lacrimogêneo e um terceiro com um ferimento de bala no estômago.

As etnias amazônicas protestam contra vários decretos, entre eles a nova Lei Florestal e de Fauna Silvestre e a Lei de Recursos Hídricos, porque consideram que violam seus direitos à propriedade e ao controle sobre suas próprias fontes naturais.

Além disso, querem ser consultados sobre assuntos relativos aos territórios que ocupam, e exigem uma reforma constitucional para restabelecer o caráter inalienável, atemporal e imprescritível dos territórios indígenas. EFE fcg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG