Tamanho do texto

Atenas, 31 mai (EFE).- O Chipre passou a fazer parte, a partir de ontem, da lista de nações que apresentaram casos da gripe suína, após a confirmação de uma mulher moldávia infectada que reside no país.

Segundo o Ministério da Saúde, o estado da paciente é bom. Ela tinha viajado dos Estados Unidos ao Chipre e apresentou sintomas da gripe.

Seus parentes não mostraram sintomas até agora, mas recebem tratamento preventivo.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE afb/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.